segunda-feira, outubro 26, 2009

À FLOR DE UM VIDRO


O tempo passa à flor dum vidro
transparente de angústias, de alegrias,
desfeito em silêncios, em ausências.
.
Só nos sustenta a frescura lhana
das manhãs, a brisa apolínea dos estios,
porque buscamos a nudez, a despojada luz
o sonho rupestre persistente das origens.

Vieira Calado
Imagem encontrada em: timblindim.wordpress.com

19 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA BABY, LINDO POEMA DO NOSSO AMIGO VIEIRA CALADO... ADOREI...!
ABRAÇOS PARA OS DOIS,
FERNANDINHA

FOTOS-SUSY disse...

OLA BABY, BELISSIMO POEMA, UMA LINDA IMAGEM...LINDA ESCOLHA...VOTOS DE UMA OPTIMA SEMANA!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

mixtu disse...

o tempo...

passa, que não passa....

passa

como deve passar, solo... passa...

e como é comprido...

abrazo serrano y europeo

Eliane disse...

O sonho que nos embala para sempre recomeçar, bela e leve poesia.
Abraços!

Secreta disse...

Bonito este poema , como muitos dele . Boa a tua escolha :)

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!
Só hoje aqui venho para agradecer
a sua gentileza.

O meu obrigado.

Beijinho

Luiz Caio disse...

Oi Baby! Como vai?

Um poema que exige um pouco mais da reflexão... Mas, bonito em sua essência!

Baby, se ela sorriu?... Talvez ela tenha sorrido, não é? quem sabe!?

TENHA UMA LINDA TARDE!

Beijos

Nilson Barcelli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Benó disse...

Ambas gostamos de Vieira Calado. Obrigada pela partilha.

Ana disse...

É bom encontrar aqui as palavras de amigos comuns.

A brevidade da vida feita poesia.
Um beijo.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Néctar da Flor é um blog que sempre soube receber e retornar seus comentários. Nunca deixamos ninguém, por motivo algum, no silêncio de uma visita quando vem à nossa página. Por esse motivo queremos presentear todos os amigos, que assim como nós, sabem acolher qualquer pessoa que chega com gentileza na sua casa virtual. Sem recriminação, sem preconceito, sem frescura.



Simplesmente porque:



Acolhe com o coração!



Beijos jogados no ar, sempre!



-

A.J.Faria disse...

Olá, Baby!
O tempo passa mas, na sua essência, as marcas da sua passagem ficam sempre connosco, o que só nos enriquece!

Bjs

Barbara disse...

...o sonho rupestre...
Eis o que somos em essência.
Despojemo-nos.

Nilson Barcelli disse...

Escolheste um belo poema de um excelente poeta.
Querida amiga, boa semana.
Beijos.

Secreta disse...

Olá... passei para fazer uma visita :)

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Baby,

Vai ali e para um pouco... senta acolá e espera um bocado... mas não deixa de segurar esse sentimento vivo com musicalidade. Cada sentimento é uma nota e o carinho que sinto por ti é uma linda canção.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

O Profeta disse...

Frias pedras, negro basalto
Sentinelas do receio à tempestade
Testemunhas da viajem do tempo
Cobertas de sal, guardiãs da verdade

Mas, não há duas reais verdades
Não há rios que correm para o alto
Não há amor num coração que mente
Não há ternura sem viver o momento


Vem viver a minha cidade inventada


Doce beijo

A Magia da Noite disse...

regressar às origens é viver o sonho de ir mais longe no tempo, perder-se nas madrugadas e descobrir os sentimentos.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue