segunda-feira, maio 16, 2011

MANHÃ EM TONS DE VERDE



Na quietude do verde
onde o meu olhar se alonga,
reinvento a paz perfeita
e nela me envolvo
enquanto sonho o teu regresso.

Oiço o doce trinado do melro
e vislumbro o adejar belíssimo
de uma borboleta amarela
que inebriada pelo sol
voluteia, solta, como poalha dourada.
Uma brisa leve traz-me o aroma das rosas
que se abrem sob o calor morno que as acaricia.

A manhã é uma mistura subtil
de sons e cores,
o meu pensamento corre pela vereda
velada pelas sombras
e pintalgada pelas flores de Maio.
O tempo é como um pássaro sem asas,
permanece, quieto, sob a luz filtrada pelas folhas.

Ao longe
o rumor dos teus passos
rompe o meu torpor
e  a promessa dum abraço
acende-me as veias,
lentamente.

foto encontrada na net



18 comentários:

Álvaro Lins disse...

Ólá Baby - Até que enfim! Sê bem vinda.
Sobre a poesia, não me vou repetir!
Gost. Ponto final.
Bjo

Perla disse...

Um leve rumor e o coração se alvoroça!

Bjos

retrato disse...

não contes o tempo e vive o sentir que dá cor ao teu coração. aproveita os momentos belos, como a borboleta, os aromas da natureza, e conjuga-os com o amor.

tu sabes, aqui o revelas e anseias.

bj

Manuel Luis disse...

Lentamente cá estou sem pressas, o importante é sentir-me bem e fazer sorrir.
Bj

Benó disse...

Gosto de a saber regressada.
Um abraço.

alfacinha disse...

que lindo

Baby disse...

Caro ALFACINHA, fui ao teu blog para agradecer as tuas palavras, mas não consegui deixar o meu comentário como pretendia, mesmo com as tuas explicações, não encontrei o caminho...talvez consigas ser mais explícito. Desde já agradeço.
Um beijo.

São disse...

Apreciei o poema, mas essa música de fundo me acompanha desde que me lembro de mim....

Serena noite

Secreta disse...

A manhã mágica , que traz o renascer dos sentires.
Beijito.

Sonhadora disse...

Adoro seus poemas cheios de sonhos e sensualidade

Vieira Calado disse...

Olá, boa tarde!

Espero que já esteja a desfrutar do nosso magnífico sol!

Bjjsss

Nilson Barcelli disse...

As tuas palavras são uma brisa fresca e primaveril. Fiquei encantado com o teu poema.
Querida amiga, boa semana.
Beijos.

São disse...

Quando regressas? A canção pode continuiar a mesma, rrs
Abraços

Aveiro disse...

Não esperes pelo aroma das flores
Abre os braços e deixa entrar o amor.

Ana disse...

Poema da cor da esperança ! Belo como o amor que o inspira !
Beijinho, Baby *

Canto da Boca disse...

Vim me encantar e me renovar no Barlavento, e deixar um beijo: smack!

Nilson Barcelli disse...

Voltei e reli.
O teu poema é mesmo bom...
Querida amiga, boa semana.
Beijos.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue