terça-feira, janeiro 03, 2012

DIZ-ME O TEU NOME



Diz-me o teu nome - agora que perdi
quase tudo, um nome pode ser o princípio
de alguma coisa. Escreve-o na minha mão


com os teus dedos - como as poeiras se
escrevem, irrequietas, nos caminhos e os
lobos mancham o lençol de neve com os
sinais da sua fome. Sopra-mo ao ouvido,


como a levares as palavras de um livro para
dentro de outro - assim conquista o vento
o tímpano das grutas e entra o bafo do verão
na casa fria. E, antes de partires, pousa-o


nos meus lábios devagar: é um poema
açucarado que se derrete na boca e arde
como a primeira menta da infância.


Ninguém esquece um corpo que teve
nos braços um segundo - um nome sim.

Maria do Rosário Pedreira

23 comentários:

Dois Rios disse...

Lindo, Baby!

Algo como uma tentativa absurda de eternizar a efemeridade de um amor.

Desativei os comentários do blog até que eu reorganize o meu tempo e restabeleça a plena vontade de blogar. Por enquanto restringirei as visitas aos que me são caros, como você.

Beijo, minha querida!
I.

Baby disse...

Fui ao teu blog, Inês, e como sempre as tuas escolhas deixam-me sem palavras. A tua sensibilidade está expressa em cada palavra que nos ofereces, o que "eles" dizem, é como se nascesse de ti.
Ficamos à espera, o tempo que for preciso.
Um abraço forte.

Manuel Luis disse...

Temos de encarar a realidade de que o tempo esta a passar que desfilamos só de manhã, crescem os dias, vem e vão os nomes. Merecemos um esforço, este escuro da noite e as palavras.
Sabia que podia contar com o teu nome este Ano.
Merecemos um Ano Novo Melhor e é o que te desejo.
Beijos e abraços

Canto da Boca disse...

Se por esse corpo se sente amor, desejo... Perdê-lo é quase a morte!

Beijos, Baby, e sim, que em 2012, tenhamos sempre o nosso despertar!

;)))

Secreta disse...

Este poema é belissimo :)
Tem um bom fim de semana.
Beijito.

Dois Rios disse...

Obrigada, minha Baby querida.

Você me acompanha desde o início do blog, lá nos idos de 2008. Me acostumei à sua "presença" e aos afagos que sempre me fazes.

Ficarei às margens dos rios, mas sempre com os olhos postos nas belezas que aqui nos deixas.

Meu carinho,
I.

José disse...

Olá Baby!
Digo o meu nome. é um nome simples, como tantos outros que por aí há, tem mais de dois mil, e nessa altura andava a cavalo num burrito, e pelo o andar da carruagem, não demora muito que volto a andar outra vez.

Bom fim de semana,
Beijinho,
José.

tulipa disse...

Mais um momento de poesia LINDO!

Gostaria de aqui vir e deixar estas palavras:
Hoje fiquei feliz porque "descobriste" o meu novo blog e deixaste umas palavras lindas;

Mas NÃO!!!
Ainda não descobriste o meu novo espaço;
Cada dia que passa, encontro mais pessoas a despedir-se dos blogues;

Fico triste!
SIM
não espero encontrar palavras de despedida,
quando eu inicio um novo ciclo num novo espaço...

No novo espaço existe uma promessa feita de mim para mim, ninguém sabe, mas o pensamento positivo irá prevalecer, se Deus me ajudar como ajudou em 2011.

Alguém me visitou e deixou estas palavras:
sabes...?
adorei esta frase...
"a inteligência é o farol que nos guia...".
abriu o sinal "verde" ao meu pensar...

A minha resposta é:
Então
se abriu o sinal "Verde"
usem-no para tudo na Vida
é assim que eu vivo os meus dias
depois de ter "apanhado" 2 sinais "vermelhos" em 2006 e 2008.

Tu sabes Amiga como é verdade!!!
Apanhaste-me nesse período muito conturbado da minha vida...

MAS
eu renasci para a vida e agora o meu sinal é sempre o "VERDE"!!!

O que se passa?
Porquê desistir?

Tenho tentado passar aos outros a minha força para que continuem, aqui é o "nosso lugar". De outra forma como nos reencontraremos?

é verdade:
A disponibilidade é cada vez menor

MAS...dizer que não se sente confortável por não poder corresponder a todos....isso não, porque os verdadeiros Amigos entendem que haverá épocas mais fáceis do que outras nas nossas vidas.

Eu quero estar sentada nesta "Plateia" na primeira fila e quero continuar neste PALCO DA VIDA

Beijos e abraços da Tulipa

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Perfeito!!!
Quando o corpo reflete o coração...
Bjm festivo de paz

Controvento-desinventora disse...

Lindo demais esse poema!!!!!!!!!!!!!!!

tulipa disse...

Eu tive a coragem de escrever
uma MENSAGEM positiva
para 2012 no meu
"Momentos Perfeitos",
mas...
vem logo pessoas dizer que não é bem assim...
estamos cercados de gente negativa,
que não querem de todo ver algo de positivo à sua volta!

Aproveito para dizer-te que criei um novo blog,
deu-me muito prazer fazê-lo, porque os outros 2 blogues que já tinha, foi a minha sobrinha que faleceu que os criou,
eu depois fiz o resto à minha maneira,
mas agora já posso dizer que fui eu mesma quem o criou..

Lógico que não está a 100%
como vejo muitos outros,
tem apenas o básico.

Mas estou a fazer aquilo que um dia pensei fazer,
uma espécie de 1 foto por dia, comecei e coloquei uma dia 2 e logo no dia 3, mas...depois...

não dá...

o importante é que eu só coloco fotos de minha autoria
e procuro uma frase,
pensamento, citação ou poema
que diga com a foto - adoro fazer essa pesquisa,
estou a criar algo,
isso motiva-me,
vou conhecendo outros poetas, enfim...
é um prazer que tenho,
não lhe chamo trabalho,
mas um hobby saudável.

Convido-te a veres:
"Os meus pensamentos"

Beijinhos.

Vanuza Pantaleão disse...

Adoro poemas açucarados, amiga!
Baby, perdoa-me não ter vindo antes, andei muitíssimo ocupada nesses final e começo de ano. Mas sempre há tempo para lhe desejar um 2012 de plenitude e muitas realizações.
FELIZ 2012!!!!

Mar Arável disse...

Palavras com vida por dentro

retrato... disse...

um nome?

será importante?
nem sempre...
mas faz a diferença e esclarece o "momento".
é...

afinal é importante!

bj...nho

Álvaro Lins disse...

Chamo-me Álvaro:)!
Bela escolha; uma das minhas (muitas) preferidas.
Bjo

Nilson Barcelli disse...

Fizeste uma bela escolha.
Este poema da Rosário Pedreira é muito bom.
Beijo, querida amiga.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Vanuza Pantaleão disse...

"Escreve-o na minha mão."

Dizem que sempre temos uma letra inicial de alguém que amamos, escrita na palma da mão.
Amiga, quero te dizer da honra que tenho em receber-te em nosso simples espaço.
Obrigada pelo teu carinho também nesse ano que vem despontando bonito.
Abraço carinhoso, Baby!

mixtu disse...

digo te o meu nome
nome simples
de pastor
nome...
também sou o meu nome...
- MIXTU...
- já vou...

abrazo serrano

C Valente disse...

Saudações amigas e bom ano

mixtu disse...

mixtu
um misto de bom gosto...

jaja

abrazo serrano

poetaeusou . . . disse...

*
é um verdadeiro e sem reticencias,
o poema nas palavras da Pedreira,
Maria,
num Rosário de Metáforas,
ou uma cotovia,
pililipando ao vento Norte !
,
esmerada escolha, parabéns, amiga ...
,
irrequietas conchinhas, deixo .
*

C Valente disse...

muito belo
saudações amigas

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue