sexta-feira, julho 24, 2015

ESTE MAR



Frente a este mar
que a meus pés se enrola
no mais doce marulhar,
os meus olhos azulam-se
de tanto o contemplar,
e sonho que sou pássaro.
Solto os medos
que me impediam de voar,
abro os braços
e sem temer a queda,
voo por entre
os sons do vento
que me sustenta e leva,
ao ritmo do acaso,
por esse infinito azul
que  confunde o céu e o mar.

Sinto a areia mais dura
e um desejo que perdura
de manhã, ao acordar.

Foto encontrada na net.


18 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

belíssimo poema e foto!
tudo o que fala de barcos e mar e azul eu gosto!
bom fim de semana.
beijinho
:)

ॐ Shirley ॐ disse...

É compreensível esse desejo de voar pelo infinito azul...
Lindo, Maré!
Beijos!

Benó disse...

São grandes os intervalos mas compensam.
Gostei muito. Um abraço.

Magia da Inês disse...


Passei para uma visitinha.

O céu no horizonte misturando-se ao mar, a brisa!...
Pisar na areia e nas ondas... anseios de liberdade!
Encontro com a alegria das pequenas coisas que nos envolvem.

Boa semana!!!
Beijinhos.ჱه° ·.
❤˚° ·.

Eduardo Menezes disse...

O triângulo perfeito

CÉU
MAR
e
Alguém para AMAR

Poema mais-que-perfeito para um romântico

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Poema fascinante. Uma criação perfeita em versos. Uma maravilhosa semana.

DIOGO_MAR disse...

Por tudo isto, é que a escrita é uma bela e estranha amante!
Gostei muito.
Um belo quadro.

Cadinho RoCo disse...

O desejo do acordar termina por nos dar novo despertar.
Cadinho RoCo

A Casa Madeira disse...

Olá! lindo poema este que voa sobre
os sons dos ventos. O que falar do mar...

Mesmo que demores a postar tem verdadeiras pérolas em
posts anteriores que são ótimos de ler...
Obrigada por avisar.
Boa semana.
Janice.

Jaime Portela disse...

Um poema à liberdade...
Do qual gostei imenso, porque é excelente.
Fiquei encantado com as suas palavras.
Escreva muito, vale a pena escrever assim.
Maré Viva, tenha uma óptima semana.
Beijinhos.

Fá menor disse...

Entre o céu e o mar fica-nos sempre o sonho de voar.
Beijinhos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, lindo poema que refere o encanto do mar que amo, somos algarvios, como tal, olhamos para o mar de um modo especial com toda a liberdade. a foto é maravilhosa.
como faço para ser seguidor do seu blog?
AG

manuel luis disse...

Uma praia só para ti!
Bj

Mar Arável disse...

Incomensurável

Carmem Grinheiro disse...

O mar, o mar, o mar. Sempre o mar. Esse infindável objecto de amor.

abç

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, regressei para apreciar mais uma bela foto, vou esperar por uma nova publicação que certamente vai tão ou mais bela que as anteriores.
Boa semana
AG

Agostinho disse...

Um grito de liberdade parece-me ser a necessidade vital bem expressa no poema das palavras, na explosão da fotografia. É assim que eu vejo tudo isto que é tanto.

Bj

Manuel Luis disse...

Este mar que apetece nadar até te encontrar feliz na D. Ana pela manhã.
Bjs abraços.

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue