domingo, julho 29, 2007

É URGENTE PERMANECER


E porque é urgente, eu volto para calçar as velhas botas que vestiram todos os meus passos, enquanto caminhei pela seara verde. Deixei-as ficar para que se não apagassem de vez os vestígios dessa minha passagem e elas permaneceram, ganharam raízes e cobriram-se de musgo, vivo, verde e viçoso...
E à laia de reabertura, ofereço a todos vós e a mim também, um belo poema de
Eugénio de Andrade:
É urgente o Amor,
É urgente um barco no mar.
É urgente destruir certas palavras,
Ódio, solidão e crueldade
Alguns lamentos,
Muitas espadas.
É urgente inventar a alegria,
Multiplicar os beijos, as searas,
É urgente descobrir rosas e rios
E manhãs claras.
Cai o silêncio nos ombros
E a luz impera até doer.
É urgente o Amor,
É urgente permanecer.

12 comentários:

mixtu disse...

e que tenhas um bom regresso, calmo...
a foto ... excelente...

eugénio, tenho que o reler para descobri-lo, a verdade é que hoje e aqui gostei dele...

ps. os meus post ficam agora no 1º comentário (origibalidades de pastor, este texto é de galatea, amiga do chile... uma viagem à sua terra da minha parte e que vai ter continuação)

abrazo verde, monarquico e europeu

Movimento Pela Net Mais Barata disse...

Todas as histórias podem ter um final feliz se lutarmos por isso. Nós temos esperança e fazemos por isso num blog à maneira, eu e uns amigos, para termos net baratinha. Dá uma ajuda ;)

Isabel-F. disse...

é muito bonito este poema ... foi bom relê-lo...

estou muito feliz por te ter de volta ...

beijinhos doces

Kalinka disse...

Tens toda a razao - e urgente o Amor, a compreensao, a partilha...!!!
Quando chegar a Lisboa telefono-te para darmos 2 de conversa e contar-te as maravilhas da viagem.Hoje fui as Cataratas do Niagara e so te digo:
SOBERBO.
Nao ha palavras para descrever o que vi, senti...as dezenas de fotos que tirei nunca poderao transmitir o que vivenciei, so estando la mesmo no lugar. Cheguei agora ao Hotel e a m/companheira conseguiu por-me os nervos em franja hoje (chorei ao fim de 8 dias de viagem...), depois te conto...mas, nao e nada que eu nao estivesse a espera.
Sou superior a isso tudo e vou levantando a cabeca e seguir em frente...cheia de saudades dos meus netos.
Beijos e abracos.

kuka disse...

E que essas botas sejam leves e nunca te apertem.

Cusco disse...

Obrigado pela simpática visita e comentário nas minhas Viagens!

Tudo de bom e beijinhos!

Cláudia Campelo disse...

Talvez seja o desejo oculto de todos. Poder calçar de novo as nossas velhas botas.
Adorei o blog, voltarei.

Vieira Calado disse...

O Eugénio de Andrade sabia escrever poesia.
Obrigado por tê-lo publicado.

Baby disse...

Vieira Calado, obrigada pela visita e pelo comentário. Concordo consigo, esta poesia de Eugénio de Andrade tem uma singeleza e simultâneamente uma profundidade que nos tocam. Porque não passarmos todos das palavras aos actos?
(Não consegui ter acesso ao seu blog, mas vou continuar a tentar.

Cristina disse...

Fico muito contente por teres voltado, já tinhamos saudades tuas :)

Bem vinda

beijinhu

Miguel disse...

Mais que urgente ...!

De volta ou apenas de passagem ...!?

Bjks da M&M & Cª!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue