terça-feira, maio 13, 2008

COMO PÁSSAROS NO INFINITO


Como vês, meu amor, as palavras não estão gastas,
estão apenas esquecidas
e se um vento as estremece,
elas erguem-se uma a uma
e crescem, crescem
como hastes floridas.
. .
E então o Sol aquece,
a natureza de rosa se matiza,
os campos desabrochan em cachos coloridos,
tornando tudo tão intenso e belo
que sinto ter valido a pena ter nascido.
.
Cada palavra renascida
É como seiva quente
que alimenta a minha vida
e me transforma num pássaro
que voa no infinito para sempre.

22 comentários:

Vieira Calado disse...

Olá!
Muito bem bonito este seu poema.
Sabe alguma coisa da amiga Kalinka?
Bjs

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Baby, lindo poema, adorei!!!!!!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Benó disse...

Ainda bem que a enxaqueca já foi embora e assim já pode dar a entrevista ao tal jornal.
Gostei de lê-la e desejo que continue para nosso deleite.
Um abraço.

josé bc disse...

é bom saber que as palavras não estão gastas.

Anónimo disse...

Um trio perfeito
diria mesmo mais
um amor-perfeito

--O poema
--A melodia
--A autora

Esta visita sabe mesmo muito bem

CA

O Profeta disse...

Solta nota de uma flauta
Um retrato preso à mão
Um tambor fora do compasso
Segue o bater de coração


Convido-te a partilhar as emoções
Deixadas pelos ponteiros de um relógio…


Doce beijo

Lumife disse...

Aqui encontrei bons momentos de poesia.

Voltarei.

Bjs

Anónimo disse...

Excelente cantinho poético e romântico.
Para revisitar com mais frequência
José de Bensafrim

Isabel-F. disse...

são sempre lindos e suaves os teus poemas ...


gostei muito.


beijinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá BABY, voltei para reler-te...Lindo!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Anónimo disse...

As tuas palavras são verdadeiros tesouros.
Ler-te é um encanto!

cacharel disse...

Aiiii tao bom voltar aqui, a este cantinho maravilhoso...

Depois de uma ausência forçada, voltei para ficar e me deliciar em cantinhos como este...;)

Lindo este poema... lindo ler-te!!

Beijo

Gerlane disse...

Palavras soltas ao vento, no infinito. Leve e lindo poema o teu!

Uma boa semana e beijos pra ti!

*izil* disse...

Lindas palavras, otimo blog
parabéns.

C Valente disse...

Que saudades eutinha destes belos poemas
Saudações amigas

Vênus disse...

Harmonia perfeita: Imagem e poesia...Bom fim de semana! Beijos!

Colibri disse...

As palavras são como as plantas de um jardim que nascem e crescem. Mas quando morrem tornam a nascer na terra que as viu morrer.

Muito lindo !!!

Beijinhos

Sónia Pessoa disse...

belas palavras...

Isabel-F. disse...

passei ...

fica um beijinho

O Profeta disse...

Uma voz quebra o silêncio
Um espelho retêm a beleza
Vi com os olhos fechados
A fúria da minha incerteza

Fecham-se as janelas de poente
Este nevoeiro galga o pensamento
Uma semente solta num ribeiro
Corre no incerto de cada momento


Deixo-te uma doce acalmia


Mágico beijo

C Valente disse...

Saudações amigas

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue