quarta-feira, outubro 27, 2010

ROSEIRAL


                                Foi para ti que criei as rosas.

                                  Foi para ti que lhes dei perfume.

                                 Para ti rasguei ribeiros

                                  e dei às romãs a cor do lume.
          
Eugénio de Andrade



24 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Vanuza Pantaleão disse...

Baby, que Poema tão delicado!
Rosas e romãs coroando o romantismo desse autor ímpar.
Carinhos e afeto, amiga querida!!!

José disse...

Olá Baby!!!

As Rosas é uma flor muito bonita. Há outras flores igualmente bonitas,mas eu gosto muita das rosas.

beijos,
José.

piedadevieira disse...

Que belo poema! O poeta usou as rosas e as romãs como símbolo do amor. Duas figuras expressivas e sensuais para ilustrar o romantismo da poesia.
Beijinhos, querida

Canto da Boca disse...

Querida Baby, a imagem para ilustrar tão belo poema, não poderia ser mais perfeita!

Quem agradece sou eu, a sua sempre deliciosa presença e inferencia no Canto!

Beijinhos!!

Hanukká disse...

OLÁ

VIM CONHECER SEU JARDIM, A PRIMAVERA AINDA PERSEVERA POR AI, LINDO.


Espírito Santo
O Espírito Santo esta descendo agora
Derramando tanta paz
Em nossos corações

O Espírito Santo sempre nos acalma
Nos momentos que passamos,
Pelas provações

O espírito santo é tão maravilhoso
Que renova a sua vida
Basta você crêr
Seu poder é tão divino e precioso
Que sentimos sua presença
Mesmo sem te ver

Guarda-me o pai
Com a unção do teu espírito
Sua palavra diz que eu sou mais que vencedor
Guarda-me o pai
Como a menina dos teus olhos
Seja o meu escudo
Minha proteção, meu salvador

CA disse...

...
e foi para ti que pus no céu a lua
e o verde mais verde dos pinhais...

"Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes!
E eu acreditava.
Acreditava,
porque ao teu lado
todas as coisas eram possíveis."
Eugénio de Andrade

E a gente acredita

Menino dos Olhos Tristes disse...

Excelente escolha a sua. Eugénio de Andrade é o poeta do amor

Eu...
Tenho por hábito mandar rosas
rosas perfumadas
em forma de beijos
ao meu amor

O trovador muitas vezes também canta o sofrimento. Neste dia chuvosos e frio permita-me que partilhe consigo esta trova de Adriano Correia de Oliveira

Canto da Boca disse...

Vim deixar um beijo e desejo de ótimo final de semana!

Smack!

tulipa disse...

Bem, minha amiga...
Que imagem!!!
FABULOSA.

Foi bom, chegar aqui e deparar-me com uma imagem que me faz lembrar a Primavera, com um colorido tão belo.
Contrastando com essa imagem, lá fora a chuva cai, molha e gela as nossas almas, dia feio, cinzento e frio, um verdadeiro dia de Inverno e ainda estamos em Outubro...

Bom fim de semana.

Jardim de Poesia disse...

Adorei descobrir seu blog.
Lindo em todos os sentidos: Gráfico, melodia e sobretudo poético.
Os seus poema são lindo e profundos

Um encanto

Poesia Portuguesa disse...

Foi uma viagem muito agradável passear por seu blog

Rua Nove disse...

Obrigado por partilhares esse extraordinário poeta: Eugénio de Andrade

Um bom fim de semana

C Valente disse...

bom dia
Tenho andado do blogue um pouco arredado, agora passo mais o tempo dedicado á pintura, sem grandes preciosismos ou dotes de artista mas me dá gozo
Mas por aqui vou passando deixando as saudações amigas

As essências das emoções disse...

Olá, Gostei daqui, gostoso de ler, vou seguir, beijinho.

Nilson Barcelli disse...

Foi para ti que roubei as rosas.
Todas, para que ninguém desse falta delas.
Querida amiga, boa semana.
Beijos.

Tudo e Nada disse...

Por vezes desobrimos cantinhos cheios de beleza...
Foi o caso
Gostei do seu espaço, da sua colectânea poética e sobretudo dos seus poemas
Uma boa semana, cheia de coisas boas

C Valente disse...

Saudações amigas

São disse...

Lindo de verdade e eu adoro romãs.

Boa semana

Dois Rios disse...

Ah, querida Baby, esse Eugénio (Maravilhoso) de Andrade ainda vai causar grandes estragos nesse meu cansado coração! Quem consegue resistir a uma beleza dessas, me diz?

Ele simplesmente dá ao amor a sublimidade dos sentimentos.

Lindo, lindo, lindo...

Beijos, minha linda!
Inês

Baby disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Januarina disse...

Parabéns pela poesia e pelo bom gosto do blog.
Vou ser uma seguidora assídua.

Hanukká disse...

Dá pra sentir o perfume das rosas, o frescor das águas, bjos.


E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo, assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação"

Thiago disse...

Oi Baby!

Versos simples mas de um valor imenso. Tens bom gosto!
Obrigado pelo carinho no Expressão da Alma!

Abraço,

Thiago

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue