quarta-feira, fevereiro 23, 2011



No chão queimado pelas guerras
as rosas morrem
sufocadas.


Imagem colhida na net

18 comentários:

Dois Rios disse...

Espelho estilhaçado diante de uma realidade que não suporta a sua própria face.

Outras rosas brotarão de um chão fértil que ainda há-de vir.

Beijo, linda Baby!

Inês

Perla disse...

Verdade. As guerras não deixam que se alimentem as rosas.

Bjos

José disse...

As guerras matam até a esperança

um beijo,
José.

ErikaH Azzevedo disse...

E a vezes interrompe-e o eu curso natural que é o de adubar a terra que a fez nascer.

bjo menina bonita.
Um cheiro de rosas ainda não colhidas a te seguir, é o que te desejo.

Bjo

Erikah

Secreta disse...

Triste realidade, esta.
Beijito.

Benó disse...

Vou partilhar no FB.
Um abraço.

Manuel Luis disse...

Recordo-me dos maus momentos que passei com duas guerras em Angola. Apesar da terra quimada e minada, as rosas continuam a florir com resistencia e saudade, saudade de quem partiu e de agradecimento por quem lhe encosta umas gotas de agua porque o povo e generoso. Muitos dos seres com nos, tambem resistem. Eu nao resisti em comentar o sufoco das rosas.
Beijo

Álvaro Lins disse...

Verdade. "...Tanto é o sangue
que os rios desistem de seu ritmo,
e o oceano delira
e rejeita as espumas vermelhas"...

Guerra - Cecília Meireles

Bjo

Valquiria Calado disse...

Olá Baby, creio que a esperança fará a rosa brotar, e dá continuidade ao amor. bjos.

Canto da Boca disse...

E essas rosas que ficam pelo caminho das guerras, cumpram a natureza de dar vida à outras vidas, à outras rosas. Uma terra fertilizada para novas e belas rosas.

Beijo, Baby, grata pelo carinho (sempre!) e um ótimo final de semana!!

Fernando Santos (Chana) disse...

Belas palavras...Espectacular....
Cumprimentos

Phausca disse...

palabras desgarradoras...una guerra jamás puede permitir que una rosa florezca, sólo dolor y cadenas... preciosa y fuerte la imagen que has utilizado para ilustrar tu reflexión.

un beso grande!

Secreta disse...

Deixo um beijito.

Nilson Barcelli disse...

Será que os cravos terão mais sorte...?
Beijos, querida amiga.

C Valente disse...

Lindo
Saudações amigas

Vieira Calado disse...

Olá, como está?

E aqui, neste país

também os cravos...

Beijinho

Canto da Boca disse...

Volto para ler-te mais uma vez, e deixar beijos!

Anónimo disse...

Verdade
Mas depois da guerra vem sempre a paz
Importa que a saibamos merecer

Bom fim de semana

CA

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue