quinta-feira, novembro 17, 2011

MULHER




ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A MULHER


Elas são as mães: 
rompem do inferno, furam a treva, 
arrastando 
os seus mantos na poeira das estrelas. 

Animais sonâmbulos, 
dormem nos rios, na raiz do pão. 

Na vulva sombria 
é onde fazem o lume: 
ali têm casa. 
Em segredo, escondem 
o latir lancinante dos seus cães. 

Nos olhos, o relâmpago 
negro do frio. 

Longamente bebem 
o silencio 
nas próprias mãos. 

O olhar 
desafia as aves: 
o seu voo é mais fundo. 

Sobre si se debruçam 
a escutar 
os passos do crepúsculo. 

Despem-se ao espelho 
para entrarem 
nas águas da sombra. 

É quando dançam que todos os caminhos 
levam ao mar. 

São elas que fabricam o mel, 
o aroma do luar, 
o branco da rosa. 

Quando o galo canta 
Desprendem-se 
para serem orvalho. 

Eugénio de Andrade
Imagem recolhida na net

24 comentários:

Mar Arável disse...

O nosso Eugénio

sempre vivo

mixtu disse...

a mulher...
depois da bicicleta pasteleira... a mulher é a sousa más bonita que existe...
jajaja

abrazo serrano

José disse...

Eu acho que a mulher é mesmo assim, como o Eugénio de Andrade, diz.
Eu tenho uma aqui em casa que ainda é mais do que isso, os filhos têm quase a idade que ela tem, e ela trata deles como se fossem ainda crianças, diz que é por amor, e eu sei que é, não vale a pena dizer-lhe que pense mais nela.

Para ti que és Mulher,
desejo-te um bom fim de semana,
beijo,
José.

Vieira Calado disse...

Olá, como está?

Espero e desejo que completamente restabelecida.

** Vamos ter mais uma sessão de Poesia em Barão de S. João. É num café chamado Bzranha, perto da igreja.

Se quiser aparecer até se pode combinar ir no meu carro.


Bjsss

Vieira Calado disse...

Esqueci dizer: é 5ª feira às nove da noite.

;)

Canto da Boca disse...

Eugénio, irrepreensível!

Um beijo, Baby!

Vanuza Pantaleão disse...

Querida Baby,
Você sempre nos brindando com poetas e poemas transcendentes e belos.
Parabéns, amiga! Uma doce semana...

Secreta disse...

Mulher ... ser tão especial!
:)

piedadevieira disse...

Esse Eugenio sabia das coisas, heim?
e viva as mulheres!
beijinhos

Dois Rios disse...

Baby, minha linda!


Há que se ter útero para ser capaz de fazer uma leitura sobre a mulher tão incontestável quanto essa. Como o Eugénio não tem, só me resta crer que ele é uma divindade. Refiro-me a ele no presente porque todos sabemos que os poetas não morrem.

Beijos com o aroma do luar,
I.

Nilson Barcelli disse...

Grande Eugénio de Andrade.
É sempre bom lê-lo e relê-lo.
Beijos, querida amiga.

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijos.

Ana disse...

Tinha saudades de ler as tuas escolhas ! Tenho andado tão ausente...
Foi bom voltar... e encontrar um dos meus poetas preferidos.
Obrigada!
Um beijo *

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo texto...Espectacular...
Cumprimentos

mixtu disse...

mulheres...
se de mãos frias fazem o queijo...
e o galo canta

abrazo serrano

ps. a pedido... uma foto do casório

Secreta disse...

Passei para deixar um beijito.

Ana disse...

Querida Baby
Partilhei este poema e o teu blog na minha página do FB.
Obrigada por tudo o que me dás a ler.
Ana (Dina Correia)

Álvaro Lins disse...

Eugénio... sempre:)!
Bjo

Ana disse...

Procura como Dina Correia. Deve haver várias, por isso não sei se conseguirás encontrar-me. Se quiseres, manda-me o teu endereço de email, que eu peço para te adicionar à minha página ! Bom fim de semana, amiga !

tulipa disse...

Belas palavras sobre a MULHER,
de Eugénio de Andrade.
Gostei da imagem que escolheste.
Obrigado pela partilha!

Não oiço qualquel música...
que se passa?
Tinhas sempre música de fundo a acompanhar o blog.

Tenho andado afastada da net, foram uns dias sem net e depois mais 15 de férias, ausente de Portugal.

Já estou de regresso...
fiz o 1º post sobre a minha viagem, se tiveres paciência para ler, estás convidada.

é assim...eu sozinha pelo Mundo, com esta idade não é muito aconselhável...
se eu tivesse uma companhia seria bem mais agradável, com toda a certeza.
Continuo a procurar as agências de viagem porque fico um pouco mais orientada, (só um pouco...)
no entanto,
eu também me oriento sozinha como consta no meu relato do 1º dia de férias sozinha em Miami.

Tenho que ser desenrascada,
com o meu fraco inglês lá vou indo pelo Mundo e nunca me atrapalhei, felizmente.

Quando faz frio em férias é desagradável, mas antes prefiro frio do que chuva, com frio agasalho-me mais um pouco e vou passear; já com chuva...não dá para ver nada!!!

Um beijinho da Tulipa

Nilson Barcelli disse...

Que seria de nós, homens, se não houvesse mulheres assim...
Grande Eugénio, que seria de nós, homens e mulheres, se não houvesse poetas como tu.
Beijos, querida amiga.

Manuel Luis disse...

Haverá coisa mais perfeita e bela?
Excelente homenagem. É para Elas que vai o meu abraço.
Beijo

DE-PROPOSITO disse...

o silencio
nas próprias mãos.
--------
Uma forma de 'falar'.
-------
Felicidades

Mena disse...

Olá!
Cheguei aqui através do Nilson, visitaste-me para ler a minha análise do poema "A um Deus claro e incerto". Agradeço a tua visita, o Nilson tem poemas "deliciosos" e propus-me a analisar um à sua escolha e assim foi... Como disse ao Nilson, passo a vida a analisar poemas de poetas idos (eles não virão nunca reclamar!). Analisar um poema do Nilson foi um grande desafio, pois ele poderia não gostar e, por isso, reclamar... Tal não aconteceu!
Gostei deste teu cantinho e do que li, é sempre bom recordar Eugénio de Andrade, terei, no entanto, de vir com mais tempo.
Desejo-te um grande 2012!

Bj
Mena

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue