terça-feira, junho 12, 2012

COMO UM FADO

Entraste em minha vida
como um fado que se cumpre. 

Como um rio que chega ao mar,
em ondas sucessivas me tomaste
e aos meus pés ergueste a tua casa
e em mim ficaste.

Imagem da web

41 comentários:

helia disse...

" Entraste em minha vida
Como um fado que se cumpre ..."
Muito bonito !

helia disse...

" entraste em minha vida
como um fado..."
Muito bonito!

Secreta disse...

Porque assim é o Amor!
:)

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema e imagem...Espectacular....
Cumprimentos

tulipa disse...

Muito obrigada pela visita
e comentário deixado.

HOJE planeava fazer posts novos, feriado em Lisboa, só que este dia 13 para mim foi mesmo um 13 a valer...
pelas 5h 30m acordei e parecia que ia rebentar, muito mal, dores horríveis, enfim...há quem desconfie de uma paragem de digestão...ou uma intoxicação.
Esse é o DILEMA.
Sou eu, que não estudei medicina que tenho que saber o que tive...
quem devia saber porque estudou para isso,
apenas desconfia de que...
Não tem certezas!
Fui para hospital
e estive em observação com soro a correr e uma injeção na veia e outra intramuscular - bem aviada fiquei.

Vim para casa, mas não estou a 100%, nem nada parecido.
Que mais me irá acontecer?
...
Um abraço.

José disse...

Mas eu não posso ficar
tenho que me ir embora
vou-me pôr a andar
daqui para fora.

Vou deixar um beijinho pra ti
José.

Anónimo disse...

Lindo e profundo poema.
Como sempre faz-nos reflectir sobre o nosso fado... fado de cada um... que está muito para além do que os nossos olhos vêem.

Cada novo dia é uma oportunidade de reencontro

Linda a imagem das águas do rio que caminham em direcção ao mar e aí ficam à espera.... para se abraçarem
Também não vemos mas sentimos que as suas águas fazem florir coisas muito lindas ao longo das suas margens.
Sotavento in "Na Boca do Rio"

Manuel Luis disse...

Mesmo que eu não quise-se, ele ia parar ao mar, plantava uma arvore para te ir buscar.
Bj

Benó disse...

Porquê Maré Viva?
Lindo o poema aqui publicado cheio do romantismo duma mulher sempre apaixonada.
Publique com mais frequência.
Um abraço.

C Valente disse...

Lindo
Saudações amigas

Ricardo Miñana disse...

Bellas letras, un placer pasar por tu espacio.
feliz fin de semana.
un abrazo.

O Profeta disse...

O SILÊNCIO LIGA-ME AO MUNDO
Vem ouvir mil palavras do meu silêncio


Mágico beijo

tulipa disse...

Bonito POEMA!
Obrigada pela partilha.
...
após 3 dias de hospital em hospital
de amarguradas horas nas mãos dos médicos...
parece que
depois da tempestade vem a bonança
TOMARA
é o que mais desejo...
...
APROVEITEI a calmaria
e
HOJE também me dediquei
a fazer posts novos
nos meus blogues.
...
Vem espreitar.
Quem sabe vais gostar do
meu "Sorriso turvo"!
...
Neste momento PORTUGAL
meteu um GOLO à Holanda
todos aqui no prédio gritam...
não vi, mas ouvi!
...
Votos de BOA SEMANA.
Abraço amigo.

Vanuza Pantaleão disse...

A vida, uma casa com as portas abertas para o amor. Basta chegar e ficar.
Maré Viva, que lindo!Bjs

Dois Rios disse...

Pleno! Um rio de poesia e amor!

Beijo,
Inês

Nilson Barcelli disse...

Quando assim acontece, não há volta a dar...
Belo poema, gostei.
Minha querida amiga, tem um bom resto de semana.
Beijo.

poetaeusou . . . disse...

Maré viva,
,
O fado
logo destino,
sina furtiva,
no cais albergado,
marés trinados,
cheirando a mar,
mar . . . naufragado !
.
amorosas conchinhas,
ficam,
*

Anónimo disse...

Lindo!!!
Excelente reflexão para todos os que algum dia verdadeiramente amaram alguém.
Como dizia o povo na sua sabedoria milenar:
1 minuto chega para conhecer uma pessoa especial;
1 hora para apreciá-la
1 dia para a amar
Uma vida inteira para a esquecer

Cavaleiro Andante

C Valente disse...

Passei e deixo as saudações amigas

Secreta disse...

Deixo um beijito.

mixtu disse...

um destino...
se ele entrou ... que tenha sido por bem e que te venha a ajudar... a fazer as lides domésticas e tudo mais e que te traga o saco das compras...

jajaja

abrazo serrano

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga hoje eu vim agradecer o carinho de sua presença no meu cantinho, assim que poder virei com mais calma.
Um abençoado fim de semana.
Abraço amigo
Maria Alice

Álvaro Lins disse...

Tive saudades de te ler:)!
Bjo

tulipa disse...

é o 3º comentário
que deixo neste post...
mas estou em dívida contigo,
tens visitado os meus 2 blogues e deixas sempre um comentário simpático, estou muito grata!

Aproveito pra te dizer que no blog "Momentos Perfeitos" tem um post sobre CINEMA.
Há quase 3 meses
que não ia ao cinema,
mas ao fim de todo este tempo, a escolha que fiz foi ÓPTIMA.

Vem espreitar
tenho quase a certeza que ias gostar de ver este filme!
Eu ADOREI.

Fica bem.
Beijo.

Fa menor disse...

"um fado que se cumpre"... boa definição!

:)

piedadevieira disse...

Olá, amiga
que imagem maravilhosa!
é assim que ele entra como um redemoinho.
belíssimo!
beijos

Mar Arável disse...

Sempre o mar

Secreta disse...

Passei por cá para uma visita.
Deixo-te um beijito.

Álvaro Lins disse...

Bom fim de semana poetisa:)!
Bjo

mixtu disse...

peço desculpa se ao entrar na tua vida causei tantos danos
jajaa

abrazo serrano

Canto da Boca disse...

Lindo, Baby! E que seja esse o eterno regaço do amor, da paixão e do fado!

Beijão!

Álvaro Lins disse...

Bom fim de semana:)!
Dentro dos possíveis1
Bjo

O Profeta disse...

Como se ama uma planta que não floriu?
Como se ouve um coração em silêncio total?
Como se sente uma dor que a paixão desenhou?
Como se alcança o Sol quando o dia morreu, acabou?

Um Outono invadiu esta ausente Primavera
Povoei esta ilha com palavras em baixela de poesia
Encontrei uma casa da manhã com verdade e revolta
Construi a claridade com fogo de uma chama já morta

Bom fim de semana

Doce beijo

tulipa disse...

GUIMARÃES
estive lá há 15 dias
mas...como não páro de visitar tantos outros lugares e eventos, ainda não tive tempo de postar sobre a cidade-berço!

HOJE dediquei-me a mostrar algumas imagens que fiz na 5ª feira, quando visitei...

Até hoje - domingo, o espaço entre Santa Apolónia e o Terreiro do Paço foi palco de uma “cidade náutica”, acolhendo a regata The Tall Ships Races.
Foi possível visitar os 49 veleiros, gratuitamente.

Nos dias de hoje, é de louvar estas acções, em que eventos desta envergadura são gratuitos, para o povo poder visitar.

Nem o calor intenso impediu centenas e centenas de pessoas a sair de casa para visitar os veleiros da The Tall Ships Races.
Todos os dias tem havido milhares de visitantes.
Eu fui logo no 1º dia - 5ª feira:
saí do trabalho munida da minha máquina fotográfica, apanhei o metro, saí em Santa Apolónia e...
entrei pela porta nº 3, mesmo em frente estava o veleiro de Espanha, desloquei-me para a minha esquerda, onde havia outros, entre os quais o Vera Cruz - português!
Foi precisamente no Vera Cruz que entrei, foi o 1º que visitei - porque entre o veleiro de Espanha e o Vera Cruz havia outros que já tinha terminado a hora de visita às 17h - eu cheguei às 18h e andei por lá 2h 30m - até às 20h 20m.
Foi um tempo muito bem passado - nunca na vida tinha feito aquele percurso a pé, entre Santa Apolónia e o Terreiro do Paço, embora a última saída que tive do recinto, era junto ao Jardim do Tabaco.

Beijo.

Manuel Luis disse...

Entro o Sotavento e o Barlavento, existe um rio entre os caniçais que nos separa, aqui dou um pulo para te dar um abraço.

Maria Alice Cerqueira disse...

Ola querida amiga,
Um lindo dia para voce.
abraço muito amigo
Maria Alice

C Valente disse...

Saudações amigas

C Valente disse...

Passei e deixo as minhas saudações amigas e tudo de bom

piedadevieira disse...

Belo poema, querida.
Um beijo amigo para vc

Orvalho do Céu disse...

Olá,
O amor invade a alma...
Deus te cubra de bênçãos e te faça feliz!!!
Abraços fraternos festivos de paz

tulipa disse...

Quase há 2 meses e meio que "abandonaste" os teus leitores, aqui no Barlavento.
...
Será justo?
Teres 40 comentários e não apareceres?
...
Já passei em blogues
que em vários posts
não têm 1 único comentário
e mesmo assim vão postando
com regularidade.

Como o teu blog tem
"moderação de comentários"
estas palavras podem ficar
apenas entre nós duas,
não há necessidade dos outros saberem o que eu acho,
é só para ver se "acordas" desse sono e desaparecimento.
...
Olha para mim
que, com muitos revezes na Vida,
a última situação é estar com apenas 15% de visão na minha vista direita e em autêntico desespero, não deixo os blogues.
...
Certo...somos diferentes!
Já sei que vais dizer isso,
mas lamento que
tenhas um blog tão simpático,
além de bonito e tendo tu jeito para a poesia, não vires aqui oferecer um pouco da tua veia poética para os teus leitores.
...
Convido-te a vires ao meu blog
"OS MEUS PENSAMENTOS"
ver o post que fiz no
DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA,
até o Vieira Calado
que há muito não aparecia,
esteve lá e deixou umas palavrinhas.
Espero por ti Corina.
Beijos

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue