quarta-feira, outubro 07, 2015

COMO UM MANTO DE RAINHA


TEIA DE LEMBRANÇAS

Nesta teia de lembranças
que me veste, como um manto,
há mil pedaços de ti,
boiando, num mar de pranto.
Há também rumor de beijos,
afagos, risos e vozes
vindos de muito longe,
sussurrando-me ao ouvido
palavras quase esquecidas.

É um manto colorido
com um brilho quente, de fogo.
Mas há nele algumas manchas
que simbolizam ausências,
longas, tristes, doloridas.
Há saudades rendilhadas
nessa teia de lembranças,
tecida por minhas mãos
e pelas memórias, também.

Cobre-me até aos pés
como um manto de rainha.
De fora, a cabeça erguida
e uns olhos escurecidos
só pra ver nascer o sol
dia a dia, sempre à espera
da esperança renascida.

Imagem colhida na net.



26 comentários:

Eduardo Menezes disse...

Não sei porquê mas este poema, tecido na mais delicada seda, recorda-me as muitas metamorfoses porque todos passamos na vida.

É uma vida cheia...
... cheia de sonhos
..... cheia de esperanças...
...........cheia de recordações...
... cheia de tudo...
...cheia de nada...

Lembro o caminho percorrido até chegar à ultima fase

na esperança de rasgar o casulo e ficar assim

http://4.bp.blogspot.com/-EyWr7iy5Qp0/VT_viGzCaZI/AAAAAAAATN4/2hLTObJMfhQ/s1600/1499.gif

livre, linda e feliz

C Valente disse...

Há muito que ando arredado de por aqui navegar, passei, gostei e aceno com as saudações amigas

✿ chica disse...

Poesia tão linda tecida palavra a palavra nessa teia de lembranças! Tudo lindo,a imagem igualmente! bjs, chica

DIOGO_MAR disse...

Olá, por cá estou, para te dizer, que a poesia é sempre uma estranha e bela amante!
É com o cinzel das palavras, que esculpimos a geometria da nossa travessia!
Como sempre sabes bem que gosto da forma como desfias as palavras.

Abraçaço!

http://diogo-mar.blogspot.com/

http://rasgarosilencio.blogspot.pt/

Blog da Gigi disse...

Olá amei seu cantinho!!!!!!! seguindo!!!!!!!!!
http://gigicandy29.blogspot.com.br/

A Casa Madeira disse...

A poesia é outro casamento; que nunca deixará
nos esquecer-mos das teias e suas lembranças...
É algo eterno... e está sempre no ar como o vento...
Bom começo de final de semana.

Jaime Portela disse...

Vale a pena esperar pelos seus poemas... Este poema é brilhante, na forma e no conteúdo. Gostei das imagens que foi criando e recriando ao longo do poema. Parabéns, talento não lhe falta. Vá escrevendo, porque qualquer mortal vai gostar da sua poesia.
Maré Viva, minha querida amiga, tenha um bom fim de semana.
Abraço.

© Piedade Araújo Sol disse...

um poema que fala das lembranças, da saudade e de uma certa nostalgia, no entanto, fala da esperança renascida.
um poema muito bem construído e de que gostei muito.
um bom fim de semana.
um beijo
:)

São disse...

Gostei muito do poema .

Quanto ao manto de recordações , pois ...quem não tem memórias de algo que passou?

Mas ter a cabeça erguida é sinal de coragem e esperança - e isso é muito bom.

Excelente final de semana :)

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, as recordações são sentimentos permanentes, o belo poema espelha bem o que fica guardado no coração.
AG

Anónimo disse...

"O poeta é um fingidor
finge tão completamente
que chega a fingir que é dor
a dor que deveras sente"
Fernando Pessoa

Virtude ou defeito dos poetas e/ou dos trovadores.
Cá para mim no meio é que está a virtude.
50% de ficção - 50% de verdade.

Nesta tarde carregada de neblina um bom fim de semana: com 50% de esperanças outros 50% de sonhos.

100% de "gostos! pelo fundo musical

Fá menor disse...

"As coisas vulgares que há na vida
Não deixam saudades
Só as lembranças que doem
Ou fazem sorrir" (Chuva - Mariza)

Beijinhos

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Mar Arável disse...

Que se estatelem as sombras no chão

Bj

A Casa Madeira disse...

Olá; olha eu aqui novamente relembrando essa teia de lembranças...
Então... Observei em alguns posts antigos a assinatura Baby? és tu?
é que tem umas assinadas neste nome que gostei imenso...
Eu assino como acasamadeira mas meu nome é janicce. Há... já tem
post novo lá ok?

Agostinho disse...

Do centro de nós escorre um fio
tecido nos dias sim - liberta -
e embrulha nos dias não- aperta:
a vida como margens dum rio.

Gostei!
Bom FDS

A Casa Madeira disse...

Oi Maré novamente relembrando e renovando...
Obs: Os posts antigos não me destes retorno; talvez dos antigos
não recebas retorno... lembrando que já tem post novo lá na casa.
Abraços.
janicce.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Para si e para a sua família desejo um Natal de Luz! Abençoado e repleto de alegrias.
AG

Fá menor disse...

Votos de um santo Natal!
Beijinhos

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite! Como tem passado?
Muito obrigado pelo seu comentário.
Sabe, estão a organizar uma tertúlia de poesia, para ser todos meses.
Depois lhe digo mais.
Também venho desejar-lhe, e aos seus, uma Excelente Quadra Natalícia!

Beijinho!

mixtu disse...

um manto
quente
de vida...

Existe Sempre Um Lugar disse...

A melhor saída é seguir em frente com motivação.
Feliz Ano Novo
AG

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá...Obrigado pela simpática visita à minha pagina, vote sempre.
AG

Existe Sempre Um Lugar disse...

https://www.facebook.com/santosgomes.gomes.3

mixtu disse...

Um manto... uma teia
que nos cobre
que transforma noutro ser...

Manuel Luis disse...

Como um balanço do ano que ficou para traz!
Que este ano te traga boas esperanças e que desfies teias de ceda.
Saúde, beijo

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue